O que é um sistema antifraude

Nesse texto você vai entender o que é um sistema antifraude, esse que está sendo muito adotado em plataformas de pagamento online, afinal, a segurança é um quesito que deve ser levado a sério. 

Mas para isso, é importante entender o cenário brasileiro, principalmente pelo fato de que o país tem problemas recorrentes de fraude, independente do meio, todos os dias centenas de brasileiros são vítimas de golpes.

Ataques aos clientes também é algo que está se tornando muito recorrente, principalmente com a técnica de enganar pessoas chamada phishing, com o objetivo de obter informações pessoais importantes.

Sendo assim, para que você entenda melhor sobre o assunto, vamos explicar o que é um sistema antifraude, como ele funciona, e alguns métodos para fazer algumas análises nesse sistema.

Confira!

O que significa um sistema antifraude?

Ele nada mais é que um conjunto de ferramentas e funcionalidades que fazem com que a proteção de uma plataforma seja maior, protegendo a mesma contra golpes ou tentativas de fraudar pagamentos.

Sendo assim, um sistema antifraude utiliza tecnologias como por exemplo a inteligência artificial tanto para fazer o bloqueio de ataques, como também para fazer algumas análises de dados relacionados às compras, fazendo com que essas sejam seguras.

Pessoas que já fizeram alguma compra de forma online, observam que o processo é muito prático, bastando muitas das vezes informar apenas as informações dos cartões, seja de débito ou de crédito para realização da compra.

Porém, se por um lado essa prática é bem fácil para os clientes, ela é ainda mais facilitada para os indivíduos que têm intenções duvidosas.

Sendo assim, é possível observar que por conta dessas facilidades, há muitas tentativas de invasões, diferente das compras na modalidade presencial, a responsabilidade de todo e qualquer problema, é do negócio.

Esses ataques além de conseguirem ser bem sucedidos podendo comprometer o sistema da loja, podem prejudicar a sua credibilidade, além de prejudicá-la em relação a  Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD).

Os prejuízos que um ataque como esse pode causar na empresa são inúmeros, inclusive, jurídicos.

Dessa forma, é muito importante implementar um sistema antifraude na plataforma para que a mesma proteja tanto a organização, como os seus clientes.

Por isso é essencial também que você saiba como um sistema antifraude funciona, e é o que vamos ver agora.

Como um sistema antifraude funciona?

Essa tecnologia é como uma segunda camada de proteção, garantindo que a compra seja uma transação verdadeira.

Dessa maneira, além de ter autorização da bandeira do cartão do cliente, essa transação também passa por um processo onde o comportamento desse cliente é analisado.

Sendo assim, ao fazer o cruzamento de dados, o sistema antifraude pode bloquear essa compra caso o cliente for suspeito nessa tentativa de comprar o produto. 

Porém também há casos onde essa compra suspeita pode passar por uma análise mais detalhada para saber se realmente é uma transação suspeita.

Para que essa suspeita seja identificada, há vários parâmetros que são analisados, sendo esses, próprios do sistema.

É importante ressaltar que os métodos de análise variam de acordo com o sistema contratado, porém eles sempre têm como objetivo garantir a segurança do cliente e da empresa.

Quais os métodos para fazer a análise nesse sistema?

As tecnologias voltadas para esse serviço buscam desenvolver critérios muito inteligentes como forma de identificar transações suspeitas.

Sendo assim, muitos dos processos que saem do comportamento habitual do cliente são analisadas com muita atenção através desses sistemas.

Sendo assim, separamos abaixo alguns desses critérios de análises utilizados por essas ferramentas:

Rastreamento na origem da compra

Dificilmente o cliente vai apresentar uma diferença grande em sua localização, isso independente das formas de pagamento do cliente.

Um exemplo seria um cliente que mora no Rio de Janeiro realizando compras constantes neste local, dificilmente ele irá solicitar produtos em outros países por exemplo em um prazo curto.

Sendo assim, o sistema utilizado observa e considera a localização atual onde o cliente solicitou a compra, avaliando assim de forma profunda o pedido.

Além disso, é possível que seja necessário que o cliente faça uma nova comprovação da sua identidade, impedindo que as vendas sejam feitas para invasores internacionais.

Verificação do endereço

Outra forma desses sistemas de fazerem análises é através da verificação do endereço de onde está sendo realizada a compra.

Esse processo de verificação é bem parecido com o anterior, e é eficaz mesmo quando a solicitação de compra é feita em um endereço igual ao do usuário.

Na verificação de endereço, o fator avaliado é o destino do pedido, assim como sua conformidade com o cadastro bancário.

Verificação dos bancos de dados

De forma que proteja ainda mais possíveis ataques contra a plataforma de pagamentos, há uma tecnologia que entrega uma verificação de informações baseada em um banco de dados, a chamada Big Data.

Para que você entenda melhor, imagine o cenário:

  • O cliente costuma realizar compras pequenas, com um item do setor de beleza, no mínimo;
  • O programa faz a identificação desse padrão e faz o armazenamento;
  • Caso uma compra grande é solicitada e com itens bem diferentes, o programa automaticamente irá fazer uma avaliação mais profunda a respeito da solicitação;

Sendo assim, é possível avaliar se há tentativas de golpes ou não, a partir de uma análise no padrão de comportamento do consumidor.

Benefícios de um sistema antifraude

O sistema antifraude tem como função também facilitar o cotidiano do profissional empreendedor, promovendo assim, segurança e praticidade no negócio.

Uma vez que, diante de tantas solicitações fica impossível que a loja faça a avaliação de cada pedido, identificando assim, padrões anormais.

Por isso é importante fazer um investimento em um sistema antifraude, para que o mesmo auxilie na eficiência da proteção.

Redução de chargeback

O chargeback nada mais é que o pedido de estorno do dinheiro utilizado para fazer a compra de um item. 

Esse procedimento gera muita dor de cabeça ao lojista, pois é a empresa que fica responsável por todos os custos desse processo.

Sendo assim, é essencial ter um sistema antifraude para que bloqueie compras inadequadas, proporcionando assim, uma maior confiabilidade na compra.

Apresentamos algumas características do sistema antifraude, além da sua importância para o bom funcionamento para uma empresa!

About EF News

A EF NEWS traz para você os melhores conteúdos da internet. Seja bem-vindo e desfrute de pautas especialmente separadas para você. Portal de conteúdos atualizado diariamente, acesse https://entrelacosdefamilias.com.br
View all posts by EF News →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 2 =