O Autor PDF Imprimir E-mail

Henrique Arthur de Souza é um pesquisador autodidata, que sempre se preocupou com a preservação e o resgate de nossa memória, pois sem ela nada somos. Em nossa vida cotidiana, a todo momento estamos pensando em algo que já se passou, há um segundo, há uma hora, há um ano; há  centenas de anos, e tudo o que passou já virou história, tanto na vida familiar como na própria existência da humanidade.

O autor nasceu em 23 de novembro de 1943, em Belém, Pará, cidade para onde, em 1872, veio, de Portugal, seu avô, Francisco Lucas de Souza  (nascido em 17 de julho de 1857, na Aldeia de Quintã, Concelho de Sertã, Distrito de Castelo Branco , Portugal, e falecido em 30 de janeiro de 1940, em Belém, Pará). Francisco casou-se com Levina Guedes da Costa e Souza com quem teve  14 filhos, dentre os quais Carlos Lucas de Souza, pai do autor.

Para a realização deste trabalho, o autor, durante quatro anos, pesquisou a história, a biografia e a genealogia de famílias entrelaçadas através de casamentos, iniciando pela família do grande brasileiro Henrique de La Rocque Almeida. Henrique de La Rocque foi Presidente do Instituto de Aposentadoria e Pensão dos Comerciários, no governo de Getúlio Vargas. Foi Deputado Federal e Senador (por 29 anos) e Ministro do Tribunal de Contas da União.

Com o propósito de concretizar seu projeto, o autor viajou por diversas cidades do Brasil e de Portugal, realizando profundas pesquisas em arquivos públicos, cemitérios antigos (alguns, inclusive, desativados no ano de 1900, como o Cemitério da Soledade em Belém, Pará), igrejas, bibliotecas, (inclusive a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro e a Biblioteca Nacional de Lisboa), cúrias metropolitanas, cartórios, livrarias, sebos, museus, organismos responsáveis pela preservação do patrimônio histórico-geográfico, “sites” da internet, grupos de genealogia etc.

Entrevistou, pessoalmente, dezenas de descendentes de famílias incluídas na pesquisa. Pesquisou em dezenas de livros de famílias e em centenas de documentos. Consultou as coleções de Salvador de Moya, (um dos maiores genealogistas do Brasil), além de outros, como Silva Leme, Reheingantz, Taunet, C. Teixeira e Carlos Barata & Cunha Bueno.

Pesquisou, em cada grupo familiar, os antepassados, até onde foi possível, ressaltando fatos históricos e dados biográficos relativos a dezenas de personagens, desde remotos tempos. Em um dos ramos familiares, por exemplo, conseguiu chegar a 1600 (mil e seiscentos) anos atrás e, de lá para cá, vem caminhando com esses personagens, passando pelo entrelaçamento de muitas famílias, das mais diversas origens, e continuando até os dias atuais.

Outros trabalhos do autor também são citados, como fonte de pesquisa, no “site” http://copacabana.com/r-xavier.shtml  (“Ruas de Copacabana”)
e no site http://www.strassburgerweb.com/ (“Os Colonos de Petrópolis”).


Peça o seu BRASÂO, Consulte o seu SOBRENOME, pelo email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.